Quinta-feira, 16 de Abril de 2009

Sucesso em tempos de crise

Débora Cruz | C13

Homelidays

França

 

Numa altura em que a palavra crise já se tornou parte do quotidiano, a França não é excepção e, nos dias que correm, já  se faz um esforço para ver la vie en rose.

Os dados mais recentes revelam que a actividade económica em França caiu 1,2 % no último trimestre de 2008 e, em 2009, as previsões não são mais animadoras, estimando-se uma recessão de um ponto percentual.

À semelhança do que ocorre noutros países, a indústria é um dos sectores mais afectados, mas outros factores têm contribuído para este decréscimo da actividade, como a redução massiva de stocks por parte das empresas e a queda das exportações. Contudo, há quem diga que o pior já passou.

Na verdade, uma crise é sinónimo de mudança e as empresas francesas já se começam a adaptar aos novos desejos do mercado.

Começa a verificar-se uma crescente procura por “pessoas diferentes”, fruto de uma necessidade cada vez maior de inovação, de novas ideias e de personalidades flexíveis, capazes de compreender o mundo e a sua complexidade. Os valores sociais também estão a mudar e aqueles que se preocupam apenas com números e com rentabilidade vêem o seu posto ameaçado após esta catástrofe financeira.

Vários são os sectores que aproveitam a crise como forma de reunir esforços e vencer.

As energias renováveis, os serviços electrónicos e as empresas low cost  são disso exemplo em terras gaulesas.

Os consumidores franceses optam, cada vez mais, por produtos amigos do ambiente e o governo francês, assim como a Europa, reforçam esta tendência criando regulamentação adequada. Desde edifícios que visam reduzir o consumo de electricidade e calor, até à Informática, que promete computadores ecológicos, a era do verde está verdadeiramente en vogue!

A crise também não está presente no e-business. O comércio electrónico prospera, o e-marketing revoluciona a publicidade e várias são as empresas em França a desenvolver plataformas para criar o seu negócio on-line.

A crise contribui ainda para a emersão de um novo mercado. Depois das viagens e da alimentação, já bastante divulgadas, pode agora encontrar-se um vasto leque de produtos e serviços a baixo custo. A Banca, o sector automóvel, as telecomunicações e muitos outros sectores, já perceberam que o preço é, em tempos de crise, um dos factores de maior influência na escolha dos consumidores.

Toda esta conjuntura é, por isso, propícia ao crescimento e sucesso de casos como o da Homelidays, empresa francesa sedeada em Paris, pensada e desenvolvida para a mediação de negócios de arrendamento de casas de férias entre particulares, através da Internet. O conceito é bastante simples: um site onde as pessoas possam anunciar os seus próprios apartamentos e casa de férias, de maneira credível, sem grandes custos e que garanta, ao mesmo tempo, aos turistas que procuram um alojamento num lugar desconhecido, uma maior segurança. Partindo desta ideia, a empresa foi crescendo e é actualmente nº1 na Europa na sua área de negócio.

 É curioso que uma empresa virada para as férias e para o lazer esteja a ter tão bons resultados numa altura de crise?

Só nos prova que, saber utilizar a criatividade, ter um espírito empreendedor e não temer desafios são sempre factores que nos levam ao sucesso, mesmo em tempos de crise...

publicado por visaocontacto às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28

.Artigos recentes

. NOVO LOCAL

. Vila do Bombarral recebe ...

. Empreendedorismo Contacto...

. Encontrão C3

. Contacto 13, solidário em...

. Carreiras: Rui Cristo (C1...

. Existências - Expo de Pin...

. Um pequeno gesto... Um gr...

. Mensagem de Natal

. Os contactos continuam a ...

. PROGRAMA CONTACTO - algun...

. Início do Contacto 14

.Edições

.tags

. todas as tags

.Contador

Amazing Counters
Oriental Trading Coupons

.Mapa Mundo

Locations of visitors to this page
blogs SAPO

.subscrever feeds