Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

A crise e a reacção francesa

Ana Catarina Brito | C13
Câmara Portuguesa de Comércio em França
Paris | França
 

 

No contexto da crise económico-financeira internacional, também a França está a ser fortemente atingida. Trata-se de uma crise com um enquadramento diferente das anteriores, tendo sido originada no interior do sistema financeiro (créditos sub-prime e outras operações próprias do sector, desenvolvidas em excesso) que se propagou à economia real. A necessidade de estabilizar o sistema financeiro é uma condição crucial no sentido de se restabelecer o normal funcionamento dos restantes sectores da economia e, daí, o peso significativo das medidas que têm sido tomadas pelos governos (num contexto de cooperação internacional), com o objectivo de restabelecer o funcionamento do sistema financeiro.

A actual crise afectou também as crenças ideológicas, pondo em causa o modelo neo-liberal e originando debates sobre o futuro do capitalismo. E a ganância e escândalos financeiros puseram em causa a confiança nas elites e nos valores tradicionais da sociedade.

Em França registou-se um abrandamento da economia e a Comissão Europeia admite a possibilidade de recessão económica. Espera-se, na melhor das hipóteses, um crescimento abaixo de 1% no ano de 2009, não havendo criação de novos empregos.

 

2.       Medidas de Apoio do Governo Francês

 

Neste quadro desfavorável, para além das medidas específicas destinadas à estabilização do sistema financeiro francês, uma série de medidas bastante significativas foram anunciadas pelo Presidente Sarkozy (mediáticas e, algumas, polémicas), nomeadamente: a injecção de 26 mil milhões de euros com vista ao relançamento da economia francesa (11,5 mil milhões de euros suplementares em 2009), com prioridade para o sector da construção e para a indústria automóvel. A título de exemplo, está prevista a construção de 70.000 novas habitações sociais, a duplicação dos empréstimos de taxa nula para a compra de novas casas, tal como a criação de fundos de investimento para os grandes actores do sector automóvel, primeiro Renault e PSA, com a finalidade de reestruturar as empresas subcontratadas e fragilizadas nesta indústria. O emprego e a protecção social são também uma das grandes preocupações do Presidente Sarkozy, citando-se como por exemplo, o aumento do subsídio de desemprego e a isenção de encargos sociais para as empresas (com menos de 10 trabalhadores) que contratem novos colaboradores auferindo de um rendimento de 1,6 acima do salário mínimo. Ao nível das empresas, prevê-se a antecipação do pagamento das dívidas do Estado (às empresas), designadamente em termos de IVA, no montante de 11,5 mil milhões de euros.

 

O papel da CCIFP

 

A acompanhar estas iniciativas, estão os esforços da sociedade civil, de dimensão crescentemente europeia, como é o caso da Câmara do Comércio e da Indústria Franco Portuguesa em Paris, uma iniciativa tomada pelos portugueses residentes em França.

A CCIFP conta entre os seus membros com mais de 180 empresas em França e em Portugal, representando mais de 7000 empregados e totalizando cerca de 4 mil milhões de euros em volume de negócios. Actualmente, estima-se que existam cerca de 45 000 empresários de origem portuguesa em França.

Este projecto foi criado em 2006. Em Setembro de 2008 a CCIFP aposta na organização do Forum dos empreendedores e gestores Portugueses ou Luso-descendentes de França, (altura em que os efeitos da crise se sentem já fortemente), registando um enorme sucesso e mantendo elevadas expectativas para o desenvolvimento futuro a partir do último trimestre do ano.

 A CCIFP ganha uma visibilidade na comunidade empresarial sem precedentes e regista um fluxo incessante de novos aderentes.

Neste contexto, a mais importante instituição de representação das empresas franco-portuguesas apresenta-se com novas responsabilidades em termos de missão e objectivos.

Para além de tudo isto, é o exemplo de como uma sociedade civil tenta recuperar alguns valores, como a solidariedade entre as empresas, fazendo jus ao lema: «juntos somos mais fortes». Trocam-se ideias, partilham-se projectos, fazem-se parcerias, criam-se novos clientes, ganha-se visibilidade e aumenta-se o volume de negócios.

Citando a ministra Cristhine Lagarde, “(…) os empresários franco portugueses representam uma grande corrente no âmbito da globalização (…)”

A título de exemplo, podemos observar a experiência da empresa Real Portas, especializada em todo o tipo de impressões, passando a citar algumas palavras do seu director: “A CCIFP representa um nova oportunidade de troca e de parceria entre os principais dirigentes das empresas. O facto de termos aderido como membro permitiu-nos ganhar novos mercados de impressão e de desenvolver toda a nossa rede de parcerias e contactos”. Em tempos de crise, é fundamental criar sinergias.

 

 

 

A actual crise é também, e sobretudo, uma crise de confiança. Existem duas perspectivas: olhar para a crise como uma ameaça, ou tomá-la como uma grande oportunidade. Oportunidade sobretudo, para as empresas/associações que souberem ler a evolução da crise e adaptar-se às novas circunstâncias, alterando o que for necessário. Neste contexto, é fundamental a importância da CCIFP na articulação das empresas e no aproveitamento das sinergias empresariais, bem como a canalização dos apoios governamentais (francês/português) para o tecido industrial que a CCIFP serve.

tags: ,
publicado por visaocontacto às 10:56
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28

.Artigos recentes

. NOVO LOCAL

. Vila do Bombarral recebe ...

. Empreendedorismo Contacto...

. Encontrão C3

. Contacto 13, solidário em...

. Carreiras: Rui Cristo (C1...

. Existências - Expo de Pin...

. Um pequeno gesto... Um gr...

. Mensagem de Natal

. Os contactos continuam a ...

. PROGRAMA CONTACTO - algun...

. Início do Contacto 14

.Edições

.tags

. todas as tags

.Contador

Amazing Counters
Oriental Trading Coupons

.Mapa Mundo

Locations of visitors to this page
blogs SAPO

.subscrever feeds